4 dicas sobre a cobertura do seguro automóvel

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
seguro automóvel

Está precisando contratar um seguro de automóvel? Alguns cuidados são necessários para fazer a escolha certa. Primeiro optar por uma corretora e seguradora confiáveis, e atenção para as informações: mentir sobre o seu perfil de motorista pode fazer você perder o direito à indenização. Leia abaixo 4 dicas importantes para te ajudar a escolher a melhor cobertura para seu carro.

1- Seguro total ou seguro contra terceiros?

A decisão de contratar um seguro automóvel esbarra muito na situação financeira do momento da compra. Mas é preciso ficar atento não somente ao que você pagará hoje, mas aos benefícios ao longo do tempo de uso.

É preciso analisar sua situação mediante as possíveis situações de risco. Você poderia arcar com a perda total do seu carro? Se a resposta for não, então opte pelo seguro total. Nessa modalidade, o baixo custo principalmente se a taxa não ultrapassar 5% do valor do veículo, além de compensar muito, ainda vai te proporcionar uma tranquilidade maior.

Já o seguro contra terceiros, é uma escolha certa. O custo benefício entre investimento e proteção é satisfatório, e na maioria das seguradoras ainda é possível acumular bônus, assim na renovação do seguro automóvel, você ainda vai conseguir um bom desconto.

2- Qual melhor franquia para seguro automóvel?

Como escolher entre franquias altas ou baixas. Claro que essa opção vai influenciar no valor final do seguro automóvel, mas a dica aqui é: antes de escolher entre uma ou outra, considere a quanto você está disposto a cobrir sozinho em caso de sinistro do carro.

Ou seja, é preciso pensar no tamanho do seu risco. Por exemplo, se sua maior preocupação for roubo, aumentar o valor da franquia pode ser uma boa opção, já que não há aplicação de franquia para sinistros de indenizações integrais. Já para aqueles que se preocupam mais com colisão do que com roubo pode ser mais vantajoso optar pela franquia menor, tudo vai depender das suas prioridades e capacidade de participar do prejuízo com uma franquia pequena ou grande no momento de um sinistro.

3- Deve optar por coberturas adicionais?

Como o nome já diz, ao contratar um seguro automóvel você pode optar por vários serviços adicionais que não são cobertos na cobertura básica, como por exemplo, a cobertura de vidros, lanternas, faróis, retrovisores, reparo de parachoque, reparo de arranhões, carro reserva, equipamentos como kit GVN, acessórios de som e vídeo ou assistência 24 horas.

Com a contratação de coberturas adicionais, o valor final do seguro pode aumentar um pouco, mas como dito na primeira dica, é necessário considerar a sua situação e analisar o quanto está disposto a gastar com despesas extras do seu carro além do seguro básico. Então antes de fechar a compra, peça todas as informações e avalie as opções.

4- Quais valores utilizar na cobertura de RCF-V?

As Coberturas de Responsabilidade Civil Facultativa de Veículos (RCF-V) se referem às responsabilidades do condutor em causar um acidente que envolve outras pessoas. Essa cobertura garante o valor a ser pago às vítimas em decorrência de danos materiais, corporais e ou morais.

O valor a ser reembolsado pela seguradora será limitado ao valor máximo que você ao contratar o seguro automóvel estipulou. Ou seja, se você definiu por um valor menor ao que é devido no acidente, o restante da indenização ficará por sua conta. Por isso, mais uma vez, avalie sua capacidade de patrimônio e endividamento para estipular esses valores, e na dúvida, peça ajuda ao corretor.

Gostou dessas dicas? Siga nossas redes sociais e veja outras informações importantes sobre o seguro automóvel. FacebookInstagram

 

7Ases

7Ases

Leave a Replay

Assine nossa Newsletter

Inscreva-se
Toda semana artigos novos que irão te interessar sobre seguros.
Inscreva-se